Segurança para todos

Como deve transportar os seus filhos



A importância dos sistemas de retenção quando viaja de automóvel

Em Portugal, os dados da sinistralidade rodoviária mostram que, entre 2012 e 2014, em média, por ano, cerca de 2.500 crianças foram vítimas de acidentes rodoviários, mais de metade na condição de passageiras em veículos ligeiros.

O cinto de segurança é um dos sistemas de segurança mais eficazes, mas para cumprir a sua função, o cinto deverá passar pela clavícula, pelo esterno (osso do peito) e pela anca (ossos ilíacos). O que não acontece quando é utilizado pelas crianças, pois não foi feito tendo em conta a estrutura de um adulto. Assim, em caso de acidente, em vez de as proteger, poderá mesmo feri-las com gravidade.

Para que estejam seguras, mesmo nos trajetos mais curtos, as crianças menores de 12 anos ou com menos de 135 cm de altura devem ser sempre transportadas no automóvel com um sistema de retenção (cadeira ou assento elevatório) adequado ao seu peso e idade.

A primeira viagem de um recém-nascido num automóvel carece de segurança máxima, motivo pelo qual é fundamental sair da maternidade já numa cadeira apropriada. Se o bebé for transportado no lugar do ocupante da frente, num dispositivo de retenção adequado, o respetivo airbag tem de estar obrigatoriamente desativado. Nos veículos em que não é possível desligar o airbag, o transporte tem de ser feito no banco traseiro.

O transporte de uma criança num automóvel sem o respetivo sistema de retenção é um comportamento irresponsável e que em caso de acidente ou travagem brusca pode ter consequências fatais. É também uma contraordenação grave punida por lei com coima que pode variar entre os 120 euros e os 600 euros e sanção acessória de inibição de conduzir.

Mas que sistema de retenção deve comprar?
Quando comprar um sistema de retenção, opte sempre por um sistema homologado de acordo com os Regulamentos 44 ECE/UN ou 129 da UNECE, adequado ao peso e tamanho da criança.

Antes da compra, verifique se o modelo pretendido se adapta tanto ao veículo onde vai ser instalado (por exemplo, verifique se o cinto de segurança do veículo tem comprimento suficiente para prender a cadeira virada para trás) e se a criança se sente confortável.

Os sistemas de retenção para crianças são classificados em 5 grupos de peso: 0, 0+, I, II e III. A cada grupo corresponde um intervalo de peso. Alguns SRC abrangem mais do que um grupo de peso.



«« voltar


BTW
seara.com