Segurança para todos


Estudo revela que jovens condutores não valorizam o perigo de conduzir cansado

Segundo um estudo efetuado pelo Centro para a Pesquisa de Acidentes e Segurança Rodoviária (Centre for Accident Research & Road Safety ) de Queensland na Austrália, conduzir com sono e cansado é tão perigoso como conduzir sob o efeito do álcool.

Na verdade, de acordo com os investigadores deste estudo, os efeitos de conduzir com 0.05 g/l de álcool no sangue são semelhantes a estar acordado durante 17 horas. No entanto, a perceção que os mais jovens têm do perigo que correm não é igual, pois aceitam melhor as sanções no que toca a conduzir sob o efeito do álcool, do que conduzir cansado.

A sonolência, tal como o álcool, pode perturbar significativamente as capacidades cognitivas e psicomotoras de uma pessoa, interferindo em competências tão importantes na condução como a atenção, reação, memória e coordenação.


«« voltar


BTW
seara.com